Acerca do «Mundo flutuante»

quarta-feira, 13 de junho de 2012

V Tábua de Leituras: numa Biblioteca feita de sorrisos

Biblioteca Municipal João Brandão
Teve lugar na semana passada a 5ª. edição da Tábua de Leituras, um Encontro anual onde de há cinco anos a esta parte se reúnem diversos especialistas em leitura, literatura, livros e bibliotecas. Como em outros encontros similares, esta iniciativa é dirigida a adultos, crianças e jovens do concelho, muito embora seja aberta à participação de técnicos de concelhos próximos. Do mesmo modo que em outros encontros, a reflexão e o debate teóricos seguem de par com oficinas que oferecem formação variada, trocam-se ideias, discutem-se projectos e vivem-se momentos de pura fruição da literária, muita poesia e contos...

Programa
Aquilo que torna as Tábuas de Leitura um encontro diferente de outros é o facto de ser também uma mostra do trabalho anual realizado por uma equipa extraordinária!! Constituída por cerca de 12 técnicos de biblioteca e de outros tantos voluntários que se afirmam, sorridentemente, todos muito felizes com o seu trabalho, este grupo congrega diferentes especializações: um informático, uma designer, uma actriz, uma técnica de promoção de saúde, uma animadora cultural... E, se é verdade que todos eles foram com certeza escolhidos pelo seu dinamismo e espírito de iniciativa, todos eles foram também incentivados a apostarem nas respectivas áreas de especialização e a todos foi oferecida formação complementar sobre promoção da leitura.

Sorrisos de parte da equipa e amigos
Como não existe uma excelente equipa sem um excelente líder, é a Ana Paula Neves que se deve a responsabilidade por todo o trabalho de concepção e consolidação deste projecto. Com um profundo conhecimento da sua comunidade, uma inequívoca vocação para a leitura pública e uma vontade de ir sempre mais longe, Ana Paula Neves conduz este processo há cerca de quinze anos, antes mesmo de a Biblioteca existir. 

Ana Paula Neves

Assim se compreende que a Biblioteca venha conquistando a adesão da comunidade e o reconhecimento público de todos os que a conhecem, tendo inclusivamente sido distinguida, em 2010, com um apoio financeiro da Fundação Gulbenkian, no valor de 30 000 €, para um projecto bienal de promoção da leitura. Ao assentar numa verdadeira partilha de conhecimentos, competências e ideias, o trabalho da Biblioteca viu alargarem-se as fronteiras da intervenção na comunidade, muito para além das suas centenárias paredes de granito...

Luísa Ducla Soares, a autora de eleição da V Tábua de Leituras
Luísa Ducla Soares, a autora convidada deste ano, dizia-nos: Nunca estive numa biblioteca onde todos me dissessem: aqui somos muito felizes... O que, não podemos deixar de sublinhar, é em si mesma uma afirmação extraordinária! Surpreendida e encantada com uma exposição lindíssima, original e sensível sobre a sua obra (da autoria da designer Fátima Pais cujo trabalho convido todas as Bibliotecas a conhecer com carácter de urgência), Luísa Ducla Soares foi presenteada com dezenas de minúsculos livros de cordel sobre os seus livros, da autoria de parte das crianças que visitaram esta exposição.

121 títulos publicados, muito mais do que um por quase todas as letras do alfabeto.
Montagem dos livros de cordel, exemplares únicos oferecidos à autora.

O vampiro (o próprio!) que só gostava de groselha, uma das histórias mais actuais de Luísa Ducla Soares.
Todos os presentes com quem falámos foram unânimes em salientar o cuidado colocado nos mais pequenos pormenores da organização das Tábuas de Leitura, na hospitalidade e no carinho com que todos são recebidos, nas aprendizagens aí realizadas, na troca de informação e de ideias, no incentivo à dinamização de outros projectos, na vontade manifesta de voltar para o ano... outra vez.

Obrigada, Biblioteca Municipal João Brandão!
PS: Mais fotografias deste Encontro aqui!

Sem comentários:

Publicar um comentário